the last of the english roses.

Oh well, não sei nem por onde começar, mas enfim, Londres. Londres, Londres… sonhava com o dia que eu ia pegar o avião pra esse lugar faz bastante tempo, e ele chegou woo.

A viagem foi bem cansativa já que eu não preguei o olho por mais de meia hora durante as 12 no avião, mas foi tranquila e mais do que animada cheguei na terra da rainha. Fomos direto pro hotel, que era em uma rua chamada Queens Garden, num lugar beeem tranquilo e lindo, quase na frente do Hyde Park e perto da amada Oxford Street. Quando arrumamos tudo direitinho já eram acho que umas 18h e pouco, então decidimos sair pra andar e conhecer, e o primeiro lugar foi a Oxford.

QUE LUGAR INCRIVEL! Sério, todas as lojas mais legais do mundo tão lá. todas. a rua é linda e as pessoas andando nela também, não vi quase ninguém desarrumado, com uma roupa cafona ou qualquer coisa do tipo. É visível que as pessoas se preocupam com a aparencia e com a moda, e ao mesmo tempo, eles se vestem de um jeito tão natural que parecem nem ligar pra isso.

Nesse primeiro dia nem entrei em loja nenhuma, eu tava morta e queria andar pra conhecer mesmo. Andamos a oxford street gigante até Piccadilly Circus, uma praca aonde tem mais algumas lojas, restaurantes, e maaais gente ainda. Isso tomou praticamente todo o dia que nos sobrava, e voltamos logo depois pro hotel, umas 21h. (e ainda tava tipo MUITO claro. impressionante, mas aquele lugar no verão só fica realmente escuro lá pra 1h da manhã.)

Noooo dia seguinte acordamos e fomos pra Camden Town, um bairro muito muito amor mesmo. Cheio de brechós, barraquinhas, camisetas de banda e afins. Uma delícia de lugar pra passar bastante tempo. (o que não aconteceu comigo em nenhum lugar, já que eu tinha só 5 dias pra conhecer tudo o que eu queria.)

depois fomos ver o Big Ben e a London Eye. Essa é a hora que cai a ficha tipo ‘putz. to em londres for real!’ HAHA.

Acabamos esse dia em um Pub comendo fish & chips. Aliás, os pubs lá são realmente as coisas mais legais. Enchiam as 16h cheio de homens lindos saindo do trabalho e eram realmente muito legais. principalmente os de uma ruazinha chamada Carnaby. (jajá eu falo dela.)

Hm.

No terceiro dia fomos pra London Tower/ Tower Bridge e Buckingham Palace e é tudo lindo, mas já to cansada de falar isso de todos os lugares porque vocês vão me matar e acho que já deu pra entender que eu achei tudo lá lindo. Era sexta feira e tinha jogo do Brasil, então fomos ver em um pub e sai de lá correndo de vergonha NÉ? HAHA.

Depois fomos pra Carnaby Street, que eu falei ali em cima que é demais. Foi o lugar que eu vi mais gente “moderna e descolada” hehe, acho que por ser sempre ligada ao mod né. Tinha até uma bandinha tocando dentro de uma loja. muito amor. E lá fomos no pub mais legal de todo onde eu quis casar umas 37 vezes.

No nosso penúltimo dia só ficamos passeando mais pela Oxford Street e estava tendo a parada gay de lá. (e eu esqueci a camera no hotel hehe) muito legal e MUITO organizada, igual aqui né? not. E depois fomos ficar um pouco no Hyde Park, conversando e ouvindo música, saí de lá renovada. tipo melhor vibe do planeta mesmo, senti falta de ter um lugar tão gostoso aqui onde você pode sentar com seu ipod e a camera e não ter medo de ser assaltada. (i mean, eu sou meio paranóica.)

No  último dia fomos ao Madame Tussauds (museu de cera, muuuito funny.) continuamos passeando, e fomos ver o Big Ben e a London Eye de noite. Não queria ir embora nunca mais.

Pras curiosas de plantão, eu realmente não fiz muitas compras. Tomei até uma bronca da minha mãe que ficou passada. HAHAH o negócio é que, pasmem, eu não sou uma consumista locka, quando eu não acho as coisas que eu quero fico meio de saco cheio e não me encantei tanto assim com as lojas.

Acho que eu fui com MUITA esperança e no fim nem é tudo isso, sabe? Pelo menos não tanto. Quando eu cheguei aqui me arrependi de não ter comprado várias coisas, mas lá eu tava o tempo todo cansada, as lojas estavam sempre LOTADAS, e como era época de promoção, a maioria tava bem bagunçada. A Urban Outfitters é linda mas não é super barata, a Topshop idem (mas é muito muito grande, você cansa antes de conseguir olhar tudo decentemente), eu não tenho muita paciencia pra lojas gigaaaantes. Recomendo a Primark, que é SUPER barata e tem bastaaaaante coisa legal. (a qualidade não é incrível, mas da pra fazer várias comprinhas boas e aproveitáveis.)

Enfim, acho que é isso. Não vejo a hora de voltar pra Londres, moraria lá AGORA se me oferecessem, mas não via a hora de voltar pro Brasil também, não tem jeito! Depois faço um post falando um pouquinho do que eu vi em Paris, e se eu ver que faltou algo nesse aqui faço outro hahaha. Vou deixar uma playlist com as músicas que eu mais ouvi em London, pra vocês entrarem na vibe comigo. beijo beijo.

E ah, pra quem quiser ver mais foto, tem várias no meu flickr.

Anúncios